Como fazer o Papiro?

O papiro era uma planta sagrada para os egípcios. Seu caule, em formato triangular, lembrava as pirâmides, e suas folhas, em forma de raios, remetiam ao deus Sol. Com a parte externa que reveste o caule, faziam-se cestos, sandálias e até algumas partes das embarcações

Há inúmeros livros, sites e vídeos falando sobre a fabricação do papiro, entretanto muitas informações não conferem ou deixam lacunas nas etapas do processo. O resultado apresentado abaixo diz respeito a uma série de estudos e testes, havendo consenso sobre o procedimento utilizado na fabricação.

O que vamos precisar:

Caule de papiro, rolo de massa de pão, martelo de madeira, faca, tigela, prensa e toalha.

Procedimento:

Corte o caule do papiro em pedaços, de preferência do mesmo tamanho, para a montagem posterior.





Retire a camada verde que envolve o caule com uma faca.

Corte o caule em tiras finas. Dependendo da grossura do caule, pode-se fazer 2 ou 3 tiras.

Com o martelo de madeira, bata em cima da tira (ela já começará a ficar molhada).

Com o rolo de massa de pão, esmague a tira fazendo com que a água que tem dentro do caule saia, tirando assim todo o excesso de líquido.





Depois, coloque a tira na tigela com água e repita o mesmo processo com todas as outras tiras.

Deixe-as de molho por 5 a 6 dias (de preferência em um lugar arejado, porém fechado).

Retire as tiras da água. Com o dedo, escorra um pouco a água (apenas com o dedo, sem usar o rolo) e coloque em cima da toalha uma fileira de tiras, sendo a primeira na vertical e depois por cima dessa fileira coloque as outras na horizontal, formando assim um quadrado ou retângulo.

Com as tiras em cima da toalha, sobrepostas uma às outras, coloque uma outra toalha por cima e com o martelo de madeira bata levemente para que as tiras comecem a se unir.

10º Leve a toalha com as tiras para a prensa e deixe-as lá por mais ou menos 5 ou 6 dias. Convém no quarto dia trocar a toalha (o papiro já estará praticamente pronto, porém um pouco úmido).

11º Depois de retirar da prensa, teoricamente o papiro já estaria pronto para pintar ou até mesmo para servir como decoração, mas para ficar macio e liso, de forma a se obter uma melhor pintura, utiliza-se pedra-pomes, para fazer o “lixamento”.



Foto: Papiro – Lucas Ferreira


Foto: Papiro 2 – Lucas Ferreira


Conceitos errados:

Há muitas informações sobre acrescentar vinagre na tigela de água ao colocar as tiras de papiro para ficar de molho por 6 dias. Essa é uma informação que não procede, tendo em vista que o vinagre mantém as tiras mais claras, porém acaba com os agentes que farão com que as tiraram se unam.

Autor: Lucas Ferreira

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.