Restauração da máscara de Tutankhamon inicia em agosto..

A partir de agosto, os visitantes do museu egípcio na Tahrir não serão capaz de admirar a máscara funerária de ouro do faraó menino, que vai deixar de ser exibida. Ela sofrerá uma restauração intensiva para reparar uma outra “restauração” imprópria realizada recentemente.

O ministro de Antiguidades, Mamdouh Eldamaty disse à Ahram Online que a máscara funerária de ouro vai para a restauração após o término dos estudos científicos realizados para descobrir o material utilizado para colar a barba e como removê-lo sem causar danos.

“Um mês atrás eu designei um comité científico, liderado por mim, para iniciar um estudo analítico detalhado sobre a máscara, desde a sua descoberta em 1922 no túmulo de Tutankhamun, bem como o trabalho de restauração realizado sobre ela até agora”, disse Eldamaty.

 

mask

 

O comitê inclui o chefe do Instituto Arqueológico Alemão, Tarek Tawfik, o chefe da seção de restauração do museu egípcio na Tahrir e um especialista alemão em CT-SCAN (tomografia computadorizada). O ministério comprou um novo equipamento de CT-SCAN para completar o estudo. Após a conclusão, Eckmann irá viajar para a Alemanha com os resultados, onde ele vai criar uma réplica de gesso da máscara utilizando os materiais apropriado.

Eldamaty disse que o restaurador alemão Christian Eckmann o ajudou em tais estudos porque ele é um especialista em restauração de metal.

 

ui54c259d9

 

Em agosto, ele irá retornar para o Cairo, onde uma conferência internacional será realizada para explicar ao público e estudiosos qual será o método escolhido para restaurar a barba por meio da tecnologia. Em seguida, a própria restauração começará e todo o trabalho será documentado.

Em janeiro de 2015, foi relatado que a barba foi quebrada durante uma operação de limpeza no Museu Egípcio e que os conservadores apressadamente colaram ela com resina epóxi, danificando o artefato. O ministério de antiguidades realizou uma conferência de imprensa onde os peritos afirmaram que a máscara estava segura e que a “gambiarra” realizada em Agosto de 2014 era reversível.

 

Fonte: http://english.ahram.org.eg/NewsContent/9/40/133520/Heritage/Ancient-Egypt/Restoration-of-Tutankhamuns-funerary-mask-to-start.aspx

 

 

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.