Início Notícias da Egiptologia Zahi Hawass visita o Grande Museu Egípcio e comenta sobre novos projetos..

Zahi Hawass visita o Grande Museu Egípcio e comenta sobre novos projetos..

40
0
COMPARTILHAR

Fui para o Grand Egyptian Museum (GEM), em Gizé na terça-feira para rever o progresso que está sendo feito lá. Foi uma viagem muito bem sucedida. Eu sempre sonhei com esse museu. É um museu entre os melhores e maiores do mundo. Eu vi que o pessoal está trabalhando duro para realizar este sonho e que é um exemplo bem sucedido de cooperação internacional.

Em 2002, realizamos um concurso de arquitetura internacional com a UNESCO e a União Internacional de Arquitetos para escolher o projeto vencedor para o GEM. Este novo museu foi planejado desde o início para ser o maior museu de egiptologia no mundo. Os arquitetos de 83 países diferentes participaram do concurso, com 1.557 projetos. 20 foram pré-selecionados pela comissão, mas Heneghan Peng Arquiteto da Irlanda foi escolhido por unanimidade como o vencedor em julho de 2003. Juntamos uma equipe internacional de 300 engenheiros representando o Egito, Irlanda, Reino Unido, Holanda, Áustria e Canadá.






As obras começaram em Maio de 2005, concentrando-se primeiro em um centro de conservação, um novo centro de conservação de energia, uma estação de bombeiros e um túnel de artefato para permitir a transferência segura de objetos a partir do centro de conservação e o corpo principal do museu. Os prédios são de 10m abaixo do nível da rua por motivos de segurança e causam o mínimo de impacto sobre o ponto de vista da paisagem do deserto ao redor. Em julho de 2008 começaram os trabalhos sobre o edifício principal do museu e o seu site. Estes também foram cuidadosamente desenhados para não serem mais altos do que o planalto de Gizé, permitindo uma visão ininterrupta das pirâmides. Atingir isso, envolveu um movimento de 2.250.000 metros cúbicos de areia, que teve sete meses de trabalho contínuo!

Na terça-feira ouvia apresentações feitas por funcionários do alto escalão sobre o estado da obra. Tudo está indo bem. Após a interrupção causada pela Revolução, tudo está a avançar de novo como o planejado. Eu, então, visitei as instalações do centro de conservação. Eles são seguros, climatizados e contém equipamentos de arte. Eu assisti os curadores e pesquisadores de conservação com uma série de artefatos, e fiquei muito impressionado pelos egípcios jovens que lá estão. Falei com alguns deles e se sentem bem que o Museu está aproveitando os melhores talentos daqui e do exterior. Também visitei as lojas de artefatos e fiquei satisfeito ao ver tantos belos objetos no armazenamento seguro pronto para exibição futura.






Quando esse projeto incrível estiver concluído, o Grand Egyptian Museum será uma verdadeira jóia com as suas galerias de grandes dimensões; centro de estudo e educação; biblioteca; museu das crianças e das escolas, áreas recreativas e parques de jogo; cinema 3D, teatro, artes e oficinas de artesanato para adultos e crianças, lojas e cafés. A mostra será composta por tesouros de Tutankhamon que serão 30% do espaço da galeria, cerca de cinco vezes mais do que atualmente pode ser dedicado a ele no Museu Egípcio do Cairo. Sua famosa máscara será um destaque final da viagem dos visitantes.

Eu também tive uma reunião com os diretores do que serão os três maiores museus no Egito; O Museu Egípcio, o GEM e o Museu Nacional da civilização egípcia (NMEC). Durante esta reunião, foram discutidos vários assuntos, incluindo a sua cooperação futura, a importância da atribuição de artefatos únicos de forma equitativa entre todos eles, o benefício de ter um banco de dados compartilhado e a formação conjunta de curadores. É de minha esperança que o GEM e o NMEC sejam independente, com suas próprias direção para questões administrativas.






Mais tarde, eu estava falando aos membros da imprensa e fiz vários anúncios importantes, inclusive de que vamos celebrar a abertura do GEM em março 2015. Em breve estaremos movendo o barco solar de Khufu de sua localização atual em um pequeno museu ao lado da Grande Pirâmide de Gizé para um museu especial ao lado do GEM também. Uma proposta para este trabalho vai ser posto em pauta no final deste mês. Eu também anunciei que a venda de duas estátuas roubadas de el-Kom Khamsin estão sendo investigadas, o Museu Metropolitano de Arte estará retornando alguns artefatos da tumba de Tutankhamon e meus esforços para repatriar o busto de Nefertiti de Berlim será renovada novamente muito em breve.


Fonte: http://www.drhawass.com

DEIXE UMA RESPOSTA

*