Início Antigo Egito As Mulheres Egípcias

As Mulheres Egípcias

1213
86
COMPARTILHAR

As Mulheres Egípcias

A mulher na sociedade egípcia exerceu um papel muito importante e tinha praticamente os mesmos direitos dos homens, o que não ocorria em outras civilizações da mesma época. Elas chegaram a postos que só foram alcançados pelas mulheres novamente na sociedade atual.

Havia muitos postos de trabalho e de destaque para as mulheres egípcias. Hatshepsut assumiu um deles e é considerada a mulher mais popular a governar o Egito com o título de Faraó.

 

Três musicistas no banquete – Pintura na tumba de Nakht.

 

No antigo Egito a esposa é quem cuida de todos ao seu redor, incluindo seus filhos e os seus servos. Havia vários trabalhos disponíveis para a mulher, especialmente se ela fosse de uma família rica. Existem inúmeros registros de mulheres fazendo serviços domésticos, como tecelagem e preparação de cerveja e pão. As mulheres, na ausência de seus maridos, eram as chefas e tomavam conta também das tarefas deles. Elas tinham os mesmos direitos dos homens em tribunais e estavam sujeitas às mesmas condenações aplicadas a eles.

 

“Nas primeiras tumbas, as mulheres não participam das obras mais importantes, bem como das diversões mais prazerosas; porém tampouco aparecem envolvidas nos trabalhos mais árduos. Os homens por exemplo, fazem o vinho, que requer maior esforço físico que a preparação da cerveja. Com exceção das cenas de mulheres musicistas e das danças realizadas por algumas moças muito atléticas, o papel das mulheres nos primeiros tempos parece muito decoroso, ainda que isso talvez se deva ao fato de não podermos interpretar as fontes em todo o seu conteúdo.” (BAINES; MALIK, 2008, p. 204)

 

Mulher em banquete – Pintado na Câmara de Nebseni.

 

O casamento no antigo Egito era considerado importante para as mulheres. As garotas egípcias costumavam se casar na faixa dos 12 anos, enquanto os garotos tinham entre 15 e 19. Elas também podiam se divorciar, caso sofressem algum tipo de maltrato, por exemplo. Nesse caso recorriam aos seus familiares e pediam ajuda para intervir no casamento. O divórcio era algo simples e não necessitava de muito tempo para a sua obtenção. Entre os principais motivos de divórcios estavam os maus-tratos, o adultério e a infertilidade.

 

 

“O mais surpreendente é que temos poucas informações tanto sobre as cerimônias de casamento quanto sobre os processos judiciais de divórcio. Ainda assim, o status legal de um casal que vivia junto era diferente do de um casado. Existe até o testemunho de um homem, que foi acusado de ter tido relações sexuais com uma mulher que vivia com outro homem, mas que não era casada com ele, e parece que isso não era considerado crime. Apesar dessas instituições relativamente livres, o adultério de uma mulher representava, pelo menos em teoria, um grave crime.” (BAINES; MALIK, 2008, p. 205)

 

Mulheres se arrumando com ajuda de servas – Pintura na tumba de Nakht.

 

O trono no antigo Egito era por direito do filho mais velho. Houve alguns momentos da história egípcia em que a rainha, com a morte do Faraó, precisou atuar como Regente até que o filho mais velho pudesse governar. Para se tornar um Faraó era preciso ter todos os títulos reais exigidos. O casamento geralmente era feito entre irmãos, para manter o sangue real da família. Quando o Faraó se casava com alguma mulher que não pertencia à família real, esta se tornava uma esposa secundária.

 

“As mulheres não possuíram nenhum título importante, sem contar alguns relacionados ao sacerdócio, e, fora alguns membros da família real e as soberanas reinantes, tiveram pouco poder político. Seu título mais comum era, “senhora da casa”, é um título de respeito que significa apenas algo mais que “Sra.” “(BAINES; MALIK, 2008, p. 205)

 

Gravidez e parto:

 

Quer mais livros sobre o tema? Clique aqui.

Artigos, teses e matérias sobre o antigo Egito? Clique aqui.

 

Autor: Lucas Ferreira

 

Fontes / Referências:

– BAINES, John; MALIK, Jaromir. Cultural Atlas of Ancient Egypt. London: Andromeda Oxford Limited, 2008.

– HART, George. The British Museum Pocket Dictionary of Ancient Egyptian Gods and Goddesses. British Museum Press, 2001.

– SHAW, Ian. The Oxford Illustrated History of Ancient Egypt. Oxford: Oxford University Press, 2000.

 

Sites / Referências:

http://www.reshafim.org.il/ad/egypt/

http://www.oxfordexpeditiontoegypt.com/

 

86 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de saber qual nome se dava a mulheres que antigamente cuidavam dos homens davam frutas abanavam eles?

  2. Oii, adorei seu resumo.. Gostaria de saber, porque as mulheres egipcias eram tratadas diferente de acordo com a classe social?

  3. ola!
    adorei o site muito bem resumido e explica corretamente.E gostaria muito de saber quais eram os verdadeiros nomes das 7 cleopatras.
    E que houveram o egito antigo.

    Se possivel gostaria de saber!
    Pois gostei muito do su site e do seu interece pelo egito.

    grata!

    • Olá Gabrieli, tudo bom?! Não entendi a sua pergunta. Se puder reformular, posso tentar ajudar. Até mais.

  4. Nossa amei o site, acho que vou ler ele inteiro kkk Bem, eu gostaria de saber uma coisinha… Tudo bem que as mulheres Egípcias tinham uma certa igualdade de direitos com os homens, más uma dúvida que tenho é em relação ás guerras. No caso, haviam soldados do sexo feminino integrando as tropas Egipcias?

    • Olá Chrisley, tudo bom? Fico feliz que tenhas gostado do site. Em relação as mulheres em guerras, a rainha Ahhotep (18ª dinastia), foi condecorada com títulos militares. Há também relatos que Hatshepsut tenha lutado na frente de batalha. Até mais.

  5. Olá! Adorei o site! Uma dúvida: no texto deste site, cita que se o rei se cassasse com uma mulher que não fosse da família real ela seria considerada uma esposa secundária. Como então, Nefertari ( esposa de Ramsés II), foi considerada a grande rainha do Alto e Baixo Egito?

    • Olá Flávia, tudo bom? Fico feliz que tenhas gostado do site.

      A origem familiar de Nefertari é desconhecida. Alguns achados em sua tumba sugerem que ela pertencia/estava ligada à realeza da 18º dinastia.

      De modo geral, os Faraós davam prioridade para mulheres ligadas a realeza, mas com certeza, ao longo de mais de 3 mil anos, houve exceções.

      Até mais.

  6. Caro administrador.Tenho um amigo apaixonado por uma mulher de 40 anos Egipcia.Ele é brasileiro. Existe algum meio possivel dele traze-la como esposa para o Brasil. Obg.

    • Olá Giovanna, tudo bom? A mulher na sociedade egípcia exerceu um papel muito importante e tinha praticamente os mesmos direitos dos homens, o que não ocorria em outras civilizações da mesma época. Elas chegaram a postos que só foram alcançados pelas mulheres novamente na sociedade atual. Havia muitos postos de trabalho e de destaque para as mulheres egípcias. Hatshepsut assumiu um deles e é considerada a mulher mais popular a governar o Egito com o título de Faraó. Até mais.

  7. Adorei o texto, realmente me ajudou muitos, mas eu gostaria de saber como os casos de estupros eram encarados naquela época, existem relatos sobre isso?

    • Olá Vitoria, tudo bom? Estupro era um crime grave. Você encontra mais informações no livro: Women in Ancient Egypt (em inglês). Até mais.

  8. essa publicação vai me ajudar na aula de história.
    ótimo texto nada muito longo e com palavras fáceis de entender.
    adorei

  9. Eu tenho uma duvida, qual era as punições em casos de adultério tanto para homens quanto para mulheres? Era sempre que ocorria?

    • Olá Oliveira, tudo bom? A punição para um adultério de uma mulher era bem severa. No Conto dos Dois Irmãos (texto literário do antigo Egito), a punição foi a morte. Não há como afirmar se ocorria em todos os casos, já que são poucos os relatos sobre o tema. O homem, quando pego em adultério, geralmente era forçado a se separar. Até mais.

    • Olá Lucca, tudo bom? Mulheres no antigo Egito chegaram ao poder como ocorre atualmente. Para boa parte das civilizações antigas as mulheres eram consideradas inferiores (ainda hoje ocorre muita descriminação). No antigo Egito, de certa forma, elas tinham alguns direitos que a colocavam em certa igualdade com os homens, o que não ocorria em civilizações da época. As mulheres podiam se divorciar, requerer algum direto nos “tribunais” e exercer algumas funções exclusivas para homens. Espero ter ajudado. Até mais.

  10. Ola! eu precisava saber sobre menes e tutancamon , achei muito importante presciso fazer uma redação sobre esses faraos . Muito obrigado pela atençao.
    hoje vou ter uma prova que so fala sobre o egito estou estudando deis das manhã se voce pudesse me responder ainda hoje eu agradeço estou estudando atraves de minha apostila mas não fala muito sobre menes e tutancamon a e tambem queria pedir para falar sobre a pedra de roseta , a sociedade egipcia , hieroglificos , a vida cotidiana dos egipcios , atividade economias praticada pelos egipcios , sobre os alimentos , o codigo de hamurabi e o livro dos mortos.
    Obrigado mais uma vez pela atenção !

    • Olá Lorrane, tudo bom? Há vários links no site que abordam os temas dos quais você cita acima. Até mais.

  11. Site muito esclarecedor, porém, encontro uma lacuna entre a 15º e 17a. dinastias. Preciso encontrar maiores detalhes, exatamente durante a invasão dos Hicsos. Tudo que encontrei até o momento é somente sobre Apofis, porém ele jamais poderia ter vivido 200 anos, ou seja, preciso de maiores detalhes da época da invasão. Sabe dizer-me se houve neste período um tsunami no Mar Mediterranio?

    • Olá Elaine, tudo bom? Posso estar te indicando alguns livros que abordam um pouco mais sobre os Hicsos. Eu desconheço qualquer tsunami no Mediterrâneo nessa época. Qual seu e-mail? Até mais.

      • Por favor, queira então indicar-me os livros.
        Ontem continuei pesquisando aqui no site, e vi a um filme de um mergulhador no Mediterrâneo, que encontrou estatuetas, ou seja, algo aconteceu para que fossem parar no fundo do mar né? Fiquei muito feliz em ver o filme, e, se não me engano estas estatuetas ainda estão lá, não foram retiradas.
        Muito grata por toda atenção e carinho. Meu e-mail é: elainemaro@terra.com.br

  12. ola bem nao li mas nao presisei so queria alguma fotos e achei muito bonitas todas, o trabalho nao e pra mim :)e para minha amiga e como e ela nao sabe edesenhar eu vou fazer por ela 🙂 pode ser estranho mas eu sou assim mesmo 🙂 obg pela atençao 🙂 bjs… :* a e mas uma coisa amei o site

  13. ADOREII SOBRE A HISTORIA DO EGITO SOBRE A ADMISTRAÇAO DA PRIMEIRA MULHER NO EGITO VOCC ESTA DE PARABENS SOBRE ESTE ASSUNTOO

    • Olá Clementina, tudo bom? Fico feliz que o site tenha sido útil para você! Qualquer dúvida, fique a vontade para perguntar. Até mais.

  14. Olá estou para fazer uma peça para o colégio vc poderia me dizer os nomes das mulheres mais importantes do Egito?Obrigada…..

    • Olá Bia, tudo bom? Para um peça de colégio os três principais nomes são: Hatshepsut, Nefertiti e Cleópatra. Houve outras grandes mulheres, mas trabalhando em cima dessas três já se conseguem muita informação de períodos distintos do antigo Egito. Até mais e sucesso no trabalho do colégio.

  15. Site riquissimo de informações, gostaria se possivel saber se havia caixões e como eram feitos para enterrar nortos no egito antigo.

    • Olá Maria Joaquina, tudo bom? Fico feliz que tenhas gostado do site. No antigo Egito existiam os “Sarcófagos” que eram o que conhecemos hoje como “caixões”. Os sarcófagos geralmente eram antropomórficos, ou seja, tinham a forma humana. Os Enterros variaram de períodos para períodos. No antigo Império, temos mastabas e Pirâmides que eram os locais mais predominantes. Já no Novo Império, temos o famoso Vale dos Reis, onde foi descoberto a tumba de Tutankhamun. Qualquer dúvida, fique a vontade para perguntar. Até mais.

  16. ola tive um trabalho super cumprido e foi otimo esse site para mim com certeza vou tirar nota 10!!!!!! obrigada por ter criado esse site!!!!!!!!!!!!! thau!!!!!!!!!!!

  17. Olá me ajudo muito tirei dez no meu trabalho.. haaaaaaaa podem fazer um assim sobre os povos romanos que estou precisando
    bejuss

    • Olá Anita, tudo bom? Então, sobre os Romanos você teria que procurar algum site/blog que aborde o tema. Até mais.

    • Olá Isa, tudo bom? Realmente há muita informação acerca do tema. Tentamos aqui descomplicar um pouco o aprendizado da civilização egípcia fornecendo uma boa base. Um aprofundamento deve-se ser feito com muita pesquisa e dedicação, procurando sempre novas fontes (opiniões, visões dos mais variados autores). Até mais.

  18. Muito bom .Também gosto do Antigo Egito apesar de não ter amplo conhecimento por isso toda informação é bem vinda .

  19. que maravilha esse site, está me ajudando muito nos meus estudos teologicos, graças a DEUS. Obg
    muito obg.

    • Olá Cleide Siqueira. Fico feliz em saber que o conteúdo está sendo útil para seus estudos. Até mais.

  20. nossa que sorte!eu encontrar a esse site me ajudou muito em meu trabalho de história !!!

    ♥♥♥AMEI AMEI AMEI ESSE SITE♥♥♥

    SÓ NAUM ACHEI LEGAL ESSE NEGOCIO DE CASAR AOS 12 ANOS QUE HORRIVEL

    • Olá Ana. Que bom que tenha gostado do site e que o mesmo tenha lhe ajudado. Essa é a nossa intenção. Quanto ao casamento aos 12 anos era uma questão cultural. Hoje pode parecer um pouco estranho, mas para época era comum, e precisamos também observar que os egípcios não tinham em sua maioria uma grande expectativa de vida como temos nos dias atuais. Hoje cada vez mais pessoas chegam a 90, 100, 110 anos de idade, o que não ocorria naquela época. Até mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

*