Tesouros perdidos do Egito são mostrados na National Geographic..

Duas estátuas douradas do rei Tutankhamon e figuras de Akhenaton e da rainha Nefertiti, estão entre os oito artefatos importantes que faltam no Museu Egípcio, no Cairo, o ministro de Antiguidades do Egito, Zahi Hawass, disse em seu blog. O desaparecimento foi descoberto quando os funcionários do museu fizeram um inventário após saqueadores invadiram o museu no mês passado, disse Hawass.

Hawass acrescentou que sexta-feira (11 de fevereiro), saqueadores invadiram uma área de armazenamento em Dashur, uma necrópole real ao sul do Cairo, que continha blocos grandes e pequenos artefatos. O fotógrafo Ken Garrett da National Geographic olhou através de seus arquivos e encontrou estas fotos de dois dos tesouros que estão faltando no museu do Cairo.


Esta estátua de calcário de Akhenaton tendo uma bandeja de oferta é um dos objetos perdidos do Museu Egípcio. Fotografia autor de Kenneth Garrett


Este é acreditado para ser o cabeça de arenito de uma princesa Amarna, disse Zahi Hawass, por estar ausente do Museu Egípcio. Fotografia autor de Kenneth Garrett




As oito peças furtadas são:

1 – Estátua dourada de madeira de Tutankhamon sendo carregado por uma deusa;
2 – Estátua dourada de madeira de Tutankhamon com arpão. Apenas o torso e membros superiores do rei estão em falta;
3 – Estátua de calcário de Akhenaton segurando uma bandeja de oferendas;
4 – Estátua de Nefertiti fazendo oferendas;
5 – Cabeça de arenito de princesa de Amarna;
6 – Estátua de pedra de um escriba de amarna;
7 – Shabtis de madeira de Yuya (11 peças);
8 – Escaravelho do coração de Yuya.


Fonte(s): http://blogs.nationalgeographic.com / www.drhawass.com

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.