Início Notícias da Egiptologia Sete Tumbas do Novo Império serão abertas em Saqqara..

Sete Tumbas do Novo Império serão abertas em Saqqara..

28
2
COMPARTILHAR

Amanhã o Dr. Zahi Hawass, Ministro de Estado das Antiguidades abrirá sete tumbas do Novo Império no Cemitério sul de Saqqara ao turismo pela primeira vez. É lá que contém a tumba do famoso Maya, que era o administrador do rei Tut, bem como a tumba de Horemheb, o general do exército de Tutankhamon, que mais tarde se tornou rei.

O Ministério está atualmente no processo de desenvolvimento de um plano de gestão para o sítio de Saqqara. Espera-se que isso irá aumentar o prestígio do sítio como um destino turístico através de melhorias nas sinalizações e instalações, bem como promover o envolvimento da comunidade local e de uma presença maior da segurança.

Maya e Horemheb, eram homens muito importantes durante um dos períodos mais tumultuados do Egito, o Período de Amarna. Durante este tempo, o faraó Akhenaton fechou os templos mais importantes do Egito em Luxor e mudou a capital para um local no meio do deserto, Akhetaton, ou Tell el-Amarna. Ele até mudou o deus principal Amon ao culto do disco solar, chamado de Aton. Quando Akhenaton morreu, seu filho, um dos reis mais famosos do Egito, Tutankhamon, tornou-se rei. Tutankhamon decidiu que iria restaurar a ordem no Egito, movendo a capital religiosa de volta para Luxor, restabelecendo o deus Amon e abandonando Tell el-Amarna. A fim de fazer todas essas mudanças, o rei Tut precisava da ajuda de seu tesoureiro e seu general.


A tumba de Maya – Saqqara


Maya era o tesoureiro do rei Tut e foi essencial para restaurar o Egito à sua glória pré-Amarna. Ele ajudou o Rei a reabrir os templos de Luxor, bem como construir novos templos e santuários a Amon para mostrar que o rei Tut estava restaurando a cultura egípcia. Maya foi o grande responsável por restaurar a ordem no Egito, enquanto seu colega Horemheb restaurou a ordem fora dos templos egípcios. Sua tumba foi deixada inacabada e os visitantes agora poderão ver o pilão de tijolos com parte em relevo, bem como imagens de Maya e sua esposa Merit, que também foi enterrada na tumba, recebendo oferendas.

Horemheb começou a construir sua tumba em Saqqara, enquanto ele era um general no reinado de Tutankhamon. Durante este tempo, Horemheb teria sido um dos mais importantes homens do Egito e foi responsável pela Comissão dos Assuntos Externos de um império tentando recuperar o poder após o período de Amarna. Após a morte do rei Tut e de seu sucessor imediato Ay, Horemheb tornou-se rei do Egito e deixou sua tumba em Saqqara, a favor de um lugar de maior prestígio no Vale dos Reis.


Tumba de Horemheb – Saqqara


Todo o trabalho duro sobre esta bela tumba não foi desperdiçado e sua esposa Mutnodjmet foi enterrada lá no momento da sua morte. A tumba foi construída e decorada com o estilo de arte de Amarna e o design interior mostra que foi feita para ser um templo funerário. Os detalhes desta tumba, que é a maior do Reino Novo, são fascinantes. Ao visitá-la, os visitantes podem ver que o Ureaus ou adorno de cabeça do rei, foi adicionado a imagens de Horemheb após os relevos originais serem feitos, para mostrar que ele tinha se tornado rei. Há também descrições de Horemheb adorando Maat, Re-Hor-akhty e Thoth, bem como cenas dele comemorando suas vitórias militares.

Junto com estas duas tumbas famosas, cinco outras tumbas também serão abertas ao público: A tumba de Meryneith-Meryneith que foi o Regente e o escriba do Templo de Aton durante o reinado de Akhenaton. Após a morte do rei, ele se tornou o alto sacerdote de Aton, bem como o Sumo Sacerdote no Templo de Neith. Sua tumba é construída de blocos de tijolos envoltos em pedra calcária. Na parte de trás do templo, existem três salas para o culto de oferenda a Meryneith. A parte central mostra uma cena de um dos trabalhadores e as bases de duas pequenas colunas.

A tumba de Ptahemwia-Ptahemwia que foi o “Criado principal” para ambos os faraós; Akhenaton e seu filho, Tutankhamon. Sua tumba contém o prestigioso título de “Querido do Rei”. A tumba de Ptahemwia também é de tijolos envoltos em pedra calcária e contém três salas. Em uma dessas salas, Martian e sua equipe encontraram 56 sarcófagos do Novo Império. A maior parte deles continha os corpos de crianças que foram afetadas por alguma doença.

A Tumba de Tia-Tia que era um dos oficiais de Ramsess II e também o supervisor do Tesouro. Ele era casado com uma das irmãs de Ramsess II, que também foi nomeada Tia. A tumba de Tia foi usada como um templo mortuário ao deus Osíris e contém cenas de Tia e sua esposa fazendo uma peregrinação a Abydos, o centro do culto de Osíris.

As tumbas de Pay e de seu filho Raia-Pay que foi o superintendente do Harém, no reinado de Tutankhamon. A tumba de Pay consiste de uma sala que se abria para um tribunal com pilares e com três salas para oferendas. O filho de Pay, Raia, começou sua carreira como um soldado no exército, mas assumiu o posto de seu pai após sua morte. As estelas dos dois foram levadas para Berlim, quando Richard Lepsius descobriu-as em 1928.

Esta reunião para as aberturas das tumbas será às 9:30 do dia 23 de maio na entrada de Saqqara.


Fonte: http://www.drhawass.com

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

*