Início Notícias da Egiptologia Descoberta evidência para Pirâmides Satélites da Rainha Ankhnespepy II

Descoberta evidência para Pirâmides Satélites da Rainha Ankhnespepy II

117
0
COMPARTILHAR

A descoberta de um piramidion de 4.000 anos, localizado perto da escavação do maior fragmento de obelisco do Antigo Império, pode ser a primeira evidência da existência de pirâmides satélites da rainha Ankhnespepy II, a mais importante rainha egípcia da sexta dinastia.

 

Piramidion encontrado em Saqqara, ao sul da Pirâmide de Pepi I

 

O piramidion em si é um achado arqueológico impressionante, mas sua localização é ainda mais intrigante. Ele foi encontrado muito perto de onde arqueólogos franco-suiços, liderados por Philippe Collombert da Universidade de Genebra, descobriram recentemente um obelisco de 4,300 anos. Com oito metros de altura, o obelisco, um pilar de pedra alto colocado na entrada das pirâmides funerárias, é o maior fragmento de um obelisco do Império Antigo já encontrado. O obelisco está inscrito com o título e o nome da rainha Ankhnespepy II, sugerindo que ele estava diante da pirâmide da rainha.

 

Piramidion é a possível evidência das Pirâmides Satélites.

 

A câmara de enterro da rainha foi descoberta em 1963 e sua pirâmide em 1998. No entanto, os arqueólogos ainda estão procurando por suas pirâmides satélites, pequenas pirâmides geralmente encontradas ao lado da pirâmide de um rei ou rainha. O piramidion recentemente descoberto foi encontrado próximo de onde os arqueólogos acreditam que podem estar as pirâmides satélites da rainha. De acordo com Collombert em uma declaração da página oficial do Ministério das Antiguidades, esse piramidion é a primeira evidência da existência de pirâmides satélites.

 

Maiores informações: http://www.newsweek.com/ancient-egyptian-pyramidion-found-next-largest-obelisk-hints-existence-queens-684318 (em inglês)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

*