Cientistas confirmam o conhecimento dos antigos egípcios: Duas espécies de crocodilos

O DNA mostrou que o crocodilo do Nilo é de fato duas espécies muito diferentes: um grande crocodilo, mais agressivo e um menor, uma espécie mais mansa que hoje sobrevive apenas na África Ocidental. Embora a taxonomia do crocodilo do Nilo tem sido controversa por mais de um século, o novo estudo aponta que os antigos egípcios reconheceram as diferenças entre as espécies e evitaram o crocodilo grande em seus rituais.

Embora não seja incomum para os testes de DNA derrubarem taxonomias estabelecidas há muito tempo, neste caso os resultados de DNA de mais de cem crocodilos que vivem em toda a África e mais de cinqüenta exemplares de museus, incluindo crocodilos mumificados do antigo Egito, descobriram que o que tem sido considerado uma espécie é na verdade duas espécies distantemente relacionadas. Na verdade o maior crocodilo do Nilo (Crocodylus niloticus) é mais estreitamente relacionado com os crocodilos do Caribe do que a nova espécie enigmática, apelidada de “Crocodylus suchus”.

 

Crocodilo do Nilo em Madagascar. Foto por: Rhett A. Butler


Os primeiros pesquisadores ficaram chocados com estes resultados. “Eu continuei as pesquisas, porque eu estava convencido de que eu estava 100% errado” disse Evon Hekkala, à Nature. “Não estava nem remotamente relacionado com as amostras de crocodilo do Nilo que eu vinha trabalhando.” O historiador grego, Heródoto, na verdade, mostrou isso quase dois mil e quinhentos anos atrás, depois de visitar o Egito. Escrevem os pesquisadores que, “de acordo com Heródoto, que tem sido apelidado de Pai da História, antigos sacerdotes egípcios eram conhecedores de duas formas [de crocodilo do Nilo] e usada seletivamente a forma menor, mais tratável em templos e cerimônias.” Testes de DNA de espécimes mumificadas apontaram para isso: todos eles eram do Crocodylus suchus que eram mais dóceis.

Fonte: http://news.mongabay.com/2011/0920-hance_nilecrocs.html

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.