Pirâmides Egípcias

Pirâmides Egípcias


As pirâmides egípcias foram construídas para serem o descanso final de seus Faraós. Esse tipo de estrutura apareceu em diversas localidades ao longo da história.

Devido à grandiosidade e à complexidade da construção, as pirâmides do planalto de Gizé (Giza) são consideradas as mais belas e misteriosas pirâmides de que se tem notícia.

“Entre os anos 2630 e 1640 a.C, os faraós egípcios construíram tumbas em formas de pirâmides. Considerações arquitetônicas e temas religiosos desempenham um papel na introdução e desenvolvimento das pirâmides; porém, ainda que perseguindo um mesmo propósito, as pirâmides diferem em forma, dimensões, estrutura interna e outros detalhes. Dois são os tipos básicos: a pirâmide escalonada e a pirâmide propriamente dita.” (BAINES; MALIK, 2008, p.138)


A pirâmide escalonada é uma estrutura formada por degraus e também conhecida como pirâmide de degraus. Essa pirâmide foi construída por uma combinação de materiais, principalmente tijolos de barro e pedra calcária. Seu mentor foi uma das figuras mais importantes do Antigo Império: o grande sábio Imhotep. Vizir, médico e arquiteto, planejou a pirâmide escalonada na III dinastia.


Pirâmide em degraus (Faraó Djoser) arquitetada por Imhotep em Saqqara - Acervo pessoal.

Pirâmide em degraus (Faraó Djoser) arquitetada por Imhotep em Saqqara – Acervo pessoal.



A pirâmide escalonada do Faraó Djoser fazia parte de um complexo que envolvia um templo mortuário, algumas tumbas secundárias, uma parte destinada à celebração de um festival (Sed) e a entrada que permitia o acesso à pirâmide e ao complexo. As pirâmides e construções subsidiárias eram rodeadas por um muro.

“As pirâmides mais antigas datam da III dinastia e constam de vários degraus. A capela funerária está situada abaixo do nível do chão, e chega-se a ela por um poço que começa ao norte. Algumas galerias subterrâneas (depósitos) rodeiam a pirâmide pelos lados leste, norte e oeste. A primeira pirâmide escalonada, e provavelmente a unica completa, fica em Saqqara e pertenceu ao faraó Netjerikhet Dsojer.” (BAINES; MALIK, 2008, p.138)



Já na IV dinastia, a grande pirâmide, ou pirâmide de Khufu (grego: Queóps), foi uma das mais audaciosas construções já feitas no Egito e no Mundo. Ela media em sua forma original 146 metros de altura e tinha uma base quadrangular de 230 metros. A sua construção é até hoje um mistério e intriga os mais diversos pesquisadores. Inúmeras teorias sobre como os antigos egípcios a construíram surgem sempre, mas nenhuma delas foi comprovada até então.

[1] Ao lado da grande pirâmide existem outras duas de grandes proporções: a pirâmide de Quéfren, filho de Queóps, que tem por base 214,5 metros e 143 metros de altura; e a pirâmide de Miquerinos, filho de Quéfren, que é a menor das três pirâmides, medindo 65 metros de altura e 105 metros de base. Além das três pirâmides, no complexo de Gizé existem outras, menores, que foram destinadas às rainhas. Segundo Heródoto, historiador grego, para a construção da grande pirâmide foram necessários 100.000 homens trabalhando durante 20 anos.


Pirâmides do complexo de Gizé - Acervo pessoal.

Pirâmides do complexo de Gizé – Acervo pessoal.



Há também em Dahshur outras pirâmides bastante conhecidas do grande público, como por exemplo a pirâmide vermelha e a encurvada, construídas na IV dinastia, no reinado de Snefru. Ambas são maiores que a pirâmide de Miquerinos, no complexo de Gizé. Respectivamente, a pirâmide vermelha e a curvada apresentam 104 metros de altura e 220 de base e 105 metros de altura e 183,5 de base.


Pirâmide Vermelha construída durante o reinado de Snefru - Acervo pessoal.

Pirâmide Vermelha construída durante o reinado de Snefru – Acervo pessoal.



Até 2008 existiam 118 pirâmides, das quais muitas estão bem danificadas, ficando difícil ter dados completos sobre elas. Há também alguns sarcófagos que os antigos egípcios consideravam como pirâmides, escrevendo seus nomes com o determinativo de pirâmide. Atualmente algumas pirâmides estão em restauração para evitar danos maiores causados pelos homens e pelo tempo.

Pirâmides de Gize registradas da sacada do hotel Husa – Acervo Pessoal:



Quer mais livros sobre o tema? Clique aqui.

Artigos, teses e matérias sobre o antigo Egito? Clique aqui.

 

Autor: Lucas Ferreira


[1] A grande pirâmide não é a que fica no meio das três pirâmides do complexo de Gizé. Apesar de a pirâmide do centro parecer maior, isso ocorre devido ao fato de ela ter sido construída em uma parte mais elevada do complexo.




Fontes / Referências:

– BAINES, John; MALIK, Jaromir. Cultural Atlas of Ancient Egypt. London: Andromeda Oxford Limited, 2008.

– HART, George. The British Museum Pocket Dictionary of Ancient Egyptian Gods and Goddesses. British Museum Press, 2001.

– SHAW, Ian. The Oxford Illustrated History of Ancient Egypt. Oxford: Oxford University Press, 2000.

Sites / Referências:

http://www.reshafim.org.il/ad/egypt/

http://www.oxfordexpeditiontoegypt.com/

http://scriptorium.lib.duke.edu/papyrus/

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.