Início Antigo Egito Nomes do Antigo Egito

Nomes do Antigo Egito

516
14
COMPARTILHAR

Os antigos egípcios sempre atribuíram nomes para tudo que os cercava, e com o seu território não foi diferente. Talvez o nome mais popular que se conheça hoje atribuído ao antigo Egito seja KEMET, em tradução literal: “Terra Negra”.

O vale do rio Nilo recebia esse nome porque, depois da inundação anual, uma camada escura de terra cobria os arredores, tornando as terras muito férteis, ideais para o plantio da dieta egípcia.

 

Kemet: Terra Negra – Transliterado: km.t   /  Nome que os egípcios davam ao Vale do Nilo.

 

Os diversos nomes que os egípcios davam ao seu País estavam sempre ligados com o que eles consideravam importante. Esses nomes nos revelaram, muito antes dos historiadores gregos, o quanto a agricultura foi essencial para o desenvolvimento local. Podemos constatar isso com o nome TA MERI, que em uma tradução livre significa “Terra Amada”, fazendo referência aos muitos trabalhadores que mantinham todo o funcionamento do Egito através da agricultura e que o tornaram um local muito rico e próspero.

 

Ta Meri: A Terra Amada – Transliterado: tA mri   /  Nome que os egípcios davam ao seu País.

 

Apesar de o nome KEMET ter se tornado popular atualmente, sem dúvida alguma o nome mais conhecido na época era tAwy, que significa “As duas Terras”. Podemos ver essa nomenclatura em vários textos egípcios e principalmente para designar o Faraó como sendo o “Senhor das Duas Terras”. Na imagem abaixo, conseguimos ver os sinais das “Duas Terras” indicados pela seta em vermelho.

 

Na imagem acima temos: Rei do Alto e do Baixo Egito, Senhor das “Duas Terras”, UserMaatRa Setepnra, Dotado de Vida.

 

A Terra escura das enxadas fazia um grande contraste com o deserto que cercava toda a região do Egito e que também recebia um nome: Deshret, que significa “Terra Vermelha”, em alusão à areia do deserto. Na mitologia egípcia, SETH era o deus do Deserto e seus seguidores eram considerados os “demônios vermelhos de SETH”.

 

Deshret: Terra Vermelha – Transliterado: Dsrt   /  Nome que os egípcios davam ao seu Deserto.

 

Em grande parte da sua História, o antigo Egito seguiu unificado, mas houve períodos em que se dividiu em duas partes, como antes da primeira grande unificação pelo Faraó Narmer. Tanto o Baixo quanto o Alto Egito também possuíam nomes. O Baixo Egito era conhecido como “Ta Mehu”, e o Alto Egito como “Ta Shemau”. Ambas as Terras foram originadas da união dos nomos, que eram pequenas cidades-estados.

 

Baixo Egito – Transliterado: tA mHw

Alto Egito – Transliterado: tA Smaw

 

Quer mais livros sobre o tema? Clique aqui.

Artigos, teses e matérias sobre o antigo Egito? Clique aqui.

 

Autor: Lucas Ferreira

Fontes / Referências:

– BAINES, John; MALIK, Jaromir. Cultural Atlas of Ancient Egypt. London: Andromeda Oxford Limited, 2008.

– HART, George. The British Museum Pocket Dictionary of Ancient Egyptian Gods and Goddesses. British Museum Press, 2001.

– MCDONALD, Angela. The Ancient Egyptians: Their Lives and Their World. Published by The British Museum Press, 2008.

 

14 COMENTÁRIOS

  1. Nossa…parabéns pela página! Gostaria de aproveitar e perguntar sobre o conhecimento de astronomia dos antigos egípcios, especificamente quais os planetas que eles tinham conhecimento, bem como como os chamavam…e se eles eram heliocentristas…mais uma vez, parabéns.

    • Olá Rebeka Pereira, tudo bom? Que legal!!! Fico feliz que tenhas gostado do site. Sucesso na sua pós. Até mais.

  2. Eu gostaria de saber se existe algum Curso de Hieroglifos disponivel aqui no brasil gratuito,pois eu gostaria muito de saber ler hieroglifos.

DEIXE UMA RESPOSTA

*