Exército: Soldados e Armas

Exército: Soldados e Armas

O exército egípcio era visto pela maioria dos jovens como um meio de crescimento de vida. Porém, o alistamento no exército era obrigatório apenas em períodos de guerra ou em convocação do Faraó.

O exército também dispunha de uma grande variedade de armas. Entretanto, em tempos remotos, nunca foi algo grandioso.

Segundo MILLARD (1975, p. 32, 33):

“Os soldados egípcios usavam arcos e flechas, maça, machados, espadas, punhais, cimitarras curvas, além de longas lanças e escudos. A principio, o exército egípcio era pequeno. A sua função era manter afastados os bandos de nômades e proteger as expedições mineiras e comerciais. Mais tarde, o exército aumentou, porque os egípcios conquistaram a Núbia para conseguir um comércio mais vasto.

 

Escultura de madeira da tumba de Mesehti - 11ª Dinastia - Museu do Cairo

Escultura de madeira da tumba de Mesehti – 11ª Dinastia – Museu do Cairo.

 

Quando o Egito foi invadido pelos hicsos, um povo asiático que instalou a desordem, o exército não imaginava que evoluiria com tal invasão. Depois das tentativas de seu avô, de seu pai e de seu irmão, Ahmosi conseguiu finalmente expulsar os hicsos. Ahmosi iniciou a chamada Era de Ouro do Egito, conhecida como o Novo Império. Ele unificou novamente o Egito e foi sem dúvida um grande guerreiro e estrategista.

 

Alívio dos soldados voltando para a casa e conversando entre si. Pintado em Deir el-Bahri – Luxor

 

Sem dúvida a batalha mais famosa de todo o antigo Egito foi a Batalha de Kadesh, liderada por Ramsés II. Essa batalha chegou até nós por uma representação que é considerada um pouco exagerada. Isso porque em tal representação podemos ver o faraó sozinho enfrentando e vencendo milhares de inimigos.

Ramsés II na batalha de Kadesh – Templo de Abu Simbel

 

“A batalha mais antiga da história da humanidade, cujo desenrolar pode ser reconstituído em detalhes, foi a que ocorreu perto da cidade de Kadesh, às margens do Orontes, em 1285 a.C. Os comandantes eram Ramsés II e o rei Hitita Muwatallis; e o que estava em jogo era o domínio da Síria. No final, ambos os exércitos sofreram baixas graves, mas nenhum deles foi aniquilado. Ramsés II obteve uma vitória moral; mas a batalha ficou indefinida.” (BAINES; MALIK, 2008, p.202)

 

Polícia no Antigo Egito:

 

 

Quer mais livros sobre o tema? Clique aqui.

Artigos, teses e matérias sobre o antigo Egito? Clique aqui.

 

Autor: Lucas Ferreira

Fontes / Referências:

– BAINES, John; MALIK, Jaromir. Cultural Atlas of Ancient Egypt. London: Andromeda Oxford Limited, 2008.

– HART, George. The British Museum Pocket Dictionary of Ancient Egyptian Gods and Goddesses. British Museum Press, 2001.

– MILLARD, Anne. The Egyptians (Peoples of the past). London: MacDonald & Company, 1975.

– SHAW, Ian. The Oxford Illustrated History of Ancient Egypt. Oxford: Oxford University Press, 2000.

Sites / Referências:

http://www.reshafim.org.il/ad/egypt/

http://www.oxfordexpeditiontoegypt.com/

http://scriptorium.lib.duke.edu/papyrus/

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.