Amara ocidental 2012: Estatuetas da fertilidade encontradas..

O blog do Museu Britânico publicou achados do projeto Amara. Veja a tradução na íntegra da notícia sobre as descobertas: Hélène Virenque, egiptóloga – Maria Shepperson e eu encontramos três pequenas figuras de barro na casa E13.6, algumas das representações antropomórficas pouco encontradas em Amara Ocidental. Embora incompletas, as três figuras têm a mesma forma retangular e uma superfície fina polida. Elas representam uma mulher nua, de uma forma muito esquemática, apenas com os seios e um triângulo púbico mostrado em detalhes. As mamas são normalmente adicionadas como peças separadas de barro, e portanto, quebram facilmente como aconteceu com dois dos nossos exemplos. O triângulo púbico foi marcado com uma série de pequenos orifícios. Sem representações de pernas ou de armas.


Estatuetas de barro do sexo feminino  (esquerda-direita F6018, F5998, F5996)



Tais representações são bem conhecidas no antigo Egito, especialmente no Médio Império em diante. Por enfatizar a genitália, evocam a mulher como fonte de fertilidade e provavelmente poderia ser associada ao culto da deusa Hathor. Algumas estatuetas semelhantes foram encontradas no alto Egito, colocadas no templo de Deir el-Bahri, durante o Novo Império. Outros tipos mais elaborados de estatuetas da fertilidade em madeira pintada, são conhecidas a partir das tumbas do final do Médio Império.

 

Estatueta de madeira de uma mulher com cabelo de argila, de Tebas cerca de 1750 a.C. – Coleção do Museu Britânico

 

Para saber mais sobre o projeto Amara ocidental, clique aqui. (em inglês)

Fonte: http://blog.britishmuseum.org/2012/02/14/amara-west-2012-fertility-figurines-discovered/

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.