Museu Suíço retornará antigo tesouro egípcio depois da queda de Mubarak..

O Museu suíço de Basel estará devolvendo esta semana ao Egito uma estela de calcário que data de mais de quatro mil anos atrás – O primeiro tesouro antigo a ser devolvido por outro país desde a revolta que derrubou o presidente de longa data Hosni Mubarak, em fevereiro.

A estela de 51 centímetros retrata a caça de seu proprietário e data do período do Antigo Reino (2649-2134 a.C), disse o conselho supremo das antiguidades do Egito em um comunicado. Estelas são lajes de pedra ou coluna ereta geralmente ostentam uma inscrição comemorativa ou desenho de relevo, servindo muitas vezes como uma lápide.


Estela egípcia que será devolvida pelo Museu Suíço


O Museu de Basel está retornando o artefato para o Egito em meio a uma campanha liderada pela repatriação de antiguidades do Egito, feita por Zahi Hawass. Um dos mais renomados arqueólogos do Egito, Hawass se tornou ministro no início deste ano isso. Já em 2002, quando chefiou o Conselho Supremo de Antiguidades, ameaçou cortar os laços científicos e de investigação com qualquer museu, universidade ou outras instituições que mantivessem antiguidades egípcias roubadas.

O Museu de Basel se ofereceu para devolver a estela e já enviou o olho de uma estátua colossal de quartzito do antigo faraó egípcio Amenófis III (1390-1352 a.C), encontrada em 1970, em seu templo funerário em Kom el-Hettan em Luxor, na margem oeste do Nilo. O olho foi contrabandeado para fora do país, então emprestado ao museu por um colecionador particular, onde foi reconhecido pelo egiptólogo Hourig Sourouzian e voltou para o Museu Egípcio no Cairo, em outubro de 2008.


Fonte: http://www.adnkronos.com

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.