Portão descoberto perto do templo de Karnak em Luxor

Arqueólogos egípcios e franceses desenterraram um portão de pedra de 2.700 anos de idade pertencentes ao Rei Núbio Shabaka ao escavarem perto do templo de Karnak em Luxor. O portão que foi encontrado parece estar “em bom estado,” ele dava acesso para a sala dos tesouros do rei, disse o ministério em um comunicado.

“É a primeira vez que um item da 25ª dinastia é encontrado em condições tão boas e não foi arruinado pela 26ª dinastia,” Boraik Mansur, o chefe egípcio do Centro de Investigação Franco-Egípcio dos Templos de Karnak, disse à AFP. A porta de pedras grandes tem gravuras coloridas que retratam o Rei Shabaka fazendo oferendas a deusa da verdade, Maat e ao deus Amon-Ra, a principal divindade.

 

Acessado em: http://www.google.com/hostednews/afp/slideshow/ALeqM5i9cPYV1TmXr1VSIoFxYFKtCSUqWA?docId=CNG.929e9c254b0a78971b4b58b7a3749ac8.2b1&index=0

 

“A missão egípcio-francesa conseguiu fazer importantes descobertas da 18ª a 25ª dinastias,” disse Zahi Hawass, em um comunicado. A missão também revelou uma parede de pedra em torno do templo de Ptah, o deus principal da cidade de Memphis. Seu templo tinha sido construído no local de um templo anterior do Reino Médio, e restaurado por Shabaka.

O Centro Franco-egípcio tem trabalhado para abrir o templo para os visitantes no próximo inverno e tem planos para colocar o portão de Shabaka exposto. Shabaka estabeleceu a capital em Tebas e se acreditava ter investido grande esforço para restaurar a arquitetura religiosa.


Fonte: http://www.asianage.com

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.