Arqueólogos reunidos em celebração no Cairo – Egito..

Ontem à noite, alguns milhares de arqueólogos e personalidades reuniram-se no Cairo Opera House Grand Theatre, onde a quinta edição do “Archaeologists’ Day” foi realizada. O teatro se tornou um templo para o dia, embelezado com uma imponente fachada, colunas e estátuas de antigos faraós egípcios e divindades.

Este ano, o Conselho Supremo de Antiguidades (SCA) comemorou o “Archaeologists’ Day” diferente. O evento foi focado em homenagem aos arqueólogos pioneiros, mortos e vivos, que passaram suas vidas a explorar, enriquecer, documentar e preservar o património do Egito. Uma série de especialistas foram homenageados junto com os trabalhadores qualificados que ajudaram nos trabalhos de escavação.

Durante seu discurso no evento, Zahi Hawass, secretário-geral do SCA, destacou uma série de projetos que o SCA realizou durante seu mandato, que começou em 2002. Entre eles, as equipes de escavação do SCA estão espalhadas por todo o Egito para encontrar novos segredos da história egípcia. Afirmando que a equipe desenterrou artefatos magníficos em locais distintos e que mudou a visão sobre a história do Egito.


Archaeologists’ Day



“Eu tenho trabalhado duramente para certificar-me de que os arqueólogos do SCA tenham tido uma formação excelente de trabalho de campo, e que eles estão autorizados a viajar pelo mundo para aprender sobre técnicas de escavação e museologia em outros países”, disse ele. “Estou confiante de que depois que eu deixar o SCA, terá centenas de jovens egípcios bem-treinados para assumir e continuar a fazer do SCA uma organização de classe mundial”.

“Hoje, depois de anos de trabalho na minha amada área, estou muito orgulhoso do que o SCA tem conseguido, não só para restaurar, preservar e proteger o patrimônio do Egito, mas também para enriquecer e desenvolver a vida dos arqueólogos”, continuou ele. Um clube social para os arqueólogos está em construção em Al-Fustat, Hawass anunciou, que os planos de um hospital para os membros da profissão estão sendo estudados. Funcionários do SCA também estão procurando maneiras de aumentar os salários dos arqueólogos.

Hawass também anunciou a criação de um plano de seguro médico para os arqueólogos. Esta cobertura de seguro, fornecida pela Vida Saúde, garante excelentes cuidados médicos de 32.000 funcionários do SCA em conhecidos centros médicos e hospitais no Egito. Major-General Sameh Khatab, chefe do Departamento de Finanças do SCA, disse que foi desenvolvido um plano de pagamento para que 5% deduzidos do salário mensal de cada funcionário sirva para atendimento médico, a SCA cobrira o restante do custo das bolsas e outros fundos.

O arqueólogo Hisham El-Leithi, o organizador da cerimônia, explicou que a nova cobertura médica é parte de um plano para desenvolver um pacote de seguros de todos os trabalhadores do SCA e suas famílias. El-Leithi continuou: “sempre foi a intenção de melhorar a vida do pessoal do SCA e ao longo dos últimos anos, muitas melhorias foram feitas para as suas vidas, incluindo um aumento de salário, novos escritórios, e oportunidades de formação educacional.

Durante a cerimônia, os arqueólogos, restauradores e pintores foram homenageados com um certificado e um colar de ouro. homenagens póstumas foram recebidas por representantes da família. Foi lançado um livro de fotografias a cores, que reviveu os trabalhos arqueológicos do SCA, juntamente com os homenageados na cerimônia.


Fonte: http://english.ahram.org.eg

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.