Início Notícias da Egiptologia Pedaços da estátua de Amenhotep III e de sua esposa Tiye são...

Pedaços da estátua de Amenhotep III e de sua esposa Tiye são encontrados

11
0
COMPARTILHAR

O Ministro da Cultura, Farouk Hosny anunciou hoje que seis pedaços que faltavam da estátua colossal da 18ª dinastia do Rei Amenhotep III e sua esposa, a rainha Tiye, foram descobertos em Medinet Habu oeste de Luxor. A estátua do casal está atualmente em um centro do salão principal do Museu Egípcio, no Cairo.

As peças que faltavam foram descobertas 130 anos depois que Mariette descobriu a estátua do casal em Medinet Habu. Os fragmentos foram encontrados durante trabalhos de escavação por uma equipe do Egito sob a direção do Dr. Zahi Hawass, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades (SCA). Hawass disse que, quando a estátua foi descoberta pela primeira vez uma equipa italiana restaurou a estátua e preencheu as peças que faltavam com alvenaria moderna. As peças de Amenhotep III, que foram recuperadas incluem a parte do lado direito do peito, o cocar(coroa) de Nemes e a perna. As peças da rainha Tiye, que foram descobertas incluem uma parte de sua peruca, pedaços de seu braço esquerdo, dedos e pés.


Um pedaço da peruca da rainha Tiye. É um dos seis fragmentos que foi recentemente descoberto no templo de Medinet Habu, na margem oeste de Luxor. (Foto: Meghan E. Strong)



Uma pequena parte da base da estátua do casal também foi encontrada. As medições dos seis fragmentos faltando variam de 47 centímetros a 103 centímetros. Essas peças estão sendo analizadas no local de Medinet Habu, na margem ocidental, mas em breve será transferida para o Museu Egípcio, no Cairo, para a restauração e colocação na estátua colossal.

O arqueólogo Abdel Ghaffar Wagdy, o supervisor da escavação no local em Luxor, disse que as peças da estatuária foram encontradas como parte de um projeto para diminuir as águas subterrâneas na margem oeste de Luxor. Essas seis peças são apenas algumas das cercas de 1.000 peças de estatuária que têm sido encontradas datando da época faraônica para o copta. Todas as peças que foram encontradas até o momento estão sendo documentadas para a futura restauração.


Dois pedaços de pedra calcária, representando a parte da mão e os dedos da rainha Tiye. (Foto: Meghan E. Strong)




Fonte: www.drhawass.com

DEIXE UMA RESPOSTA

*