A Formação dos dois Egito

A Formação dos dois Egito


Entre 3100 e 2920, o Egito vive períodos de guerras quase ininterruptas. É nesse período que começam a se formar os Estados Egípcios e é nesse período também que a Cosmologia Egípcia tradicional começa a tomar forma, pois, na medida em que um Spat vai anexando outro, um deus vai se sobrepondo na hierarquia a outro e, dessa forma, surge uma espécie de hierarquia divina. É óbvio que cada Spat tinha sua divindade principal, mas, além dela, diversas outras que também eram cultuadas. Possivelmente havia divindades cultuadas em vários Spat, o que também pode ter ocasionado alianças entre eles sem que conquistas militares fossem necessárias.

Por volta de 3400, uma infiltração cada vez maior de Mesopotâmicos, em especial Acadianos, no Delta do Nilo denota ou um conquista da região, ou uma leva migratória de comerciantes e artesãos, seja como for, esse movimento pode ter sido importante não apenas para a introdução de novas tecnologias e idéias (como a própria idéia da escrita, todavia, a escrita cuneiforme não foi copiada, mas pode ter influenciado o povo do Egito na criação de sua própria forma de relatar aos fatos) no Egito, mas também para a aceleração do processo de unificação daquela região. Existem teorias que associam o culto ao deus Hórus a esses imigrantes, sendo assim, aquele que viria a ser um dos (senão o) principais deuses do Panteão Egípcio não seria Egípcio realmente, mas Acadiano. Seja como for, falaremos sobre a Religião em ocasiões um pouco mais adiante.

Por volta do ano 2980, a configuração política do Vale do Nilo havia se transformado profundamente. Os Spat do sul haviam se unido (por tratados e conquistas) sob um Rei em Hierakonpolis, formando o Alto Egito, o povo de Set.

Já os Spat do Delta, muito possivelmente devido à influência centralizadora externa, se haviam unido (talvez como fruto de uma associação, talvez de conquistas, talvez de uma mistura) sob um Rei residente em Buto e temente a Hórus.

Estava configurado o panorama que daria origem ao Estado que unificaria o Vale do Nilo: o Egito.

avatar

Sobre Administrador

Natural de Criciúma – SC, Graduado e Pós-Graduado em História pela UNIASSELVI – SC, com ênfase no Antigo Egito. Apaixonado pelos antigos egípcios e com planos de em breve estar definitivamente morando/trabalhando no Egito.